Jornal do Brasil

Esportes

Sem Neymar e Cavani, PSG tem difícil duelo diante do Manchester United

Jornal do Brasil

O Paris Saint-Germain, desfalcado das estrelas Neymar e Edinson Cavani, viaja para Manchester na terça-feira para enfrentar o United no jogo de ida das oitavas-de-final da Liga dos Campeões.

Dos famosos 'MCN' - Mbappe, Cavani e Neymar - apenas o prodígio francês de 19 anos estará em Old Trafford. "Estou preocupado porque estou perdendo jogadores importantes", reconheceu no domingo o técnico do PSG, Thomas Tuchel.

"Para os jogos decisivos na Liga dos Campeões, é absolutamente necessário jogar com os principais jogadores que têm muita experiência", acrescentou.

O atual campeão francês perdeu Neymar há algumas semanas, que machucou o pé direito e não vai jogar até abril. No sábado foi a vez de Cavani, que no momento de bater o pênalti contra o Bordeaux (1-0) sofreu um problema muscular.

O PSG continua tendo uma equipe competitiva, com jogadores como Ángel Di María, que vai enfrentar seu ex-clube, ou o alemão Julian Draxler, mas a ausência de peças no banco é evidente.

Além dos problemas no meio do campo - Marco Verratti acaba de retornar após lesão e Adrien Rabiot ainda está afastado por não querer renovar - agora a equipe sofre com a falta de jogadores decisivos. Além de Mbappé, o ataque parisiense tem o camaronês Eric-Maxim Choupo Moting, sempre decepcionante nos 50 minutos em que jogou na Champions este ano. Ele poderia ser titular na terça-feira no grande dia.

 

 

Já para o Manchester United, tudo vai bem desde a saída do técnico José Mourinho no dia 18 de dezembro e a chegada de Ole Gunnar Solskjaer, que ainda não sofreu uma derrota. Jogadores como Paul Pogba, autor de dois gols no sábado diante do Fulham (3-0), parecem ter ressuscitado com o treinador norueguês.

Também é o caso de outro francês, Anthony Martial, que brilhou na mesma partida com uma assistência e um gol.

"Uma pena para Old Trafford", acrescentou sobre a baixa de Neymar no PSG o técnico Solskjaer, que volta à Champions 20 anos depois da mítica final em Barcelona, quando foi decisivo para o United ao entrar nos últimos minutos e marcar o gol do título diante do Bayern de Munique.

Em outro jogo da mesma fase, a Roma recebe o Porto. Em quatro confrontos o clube português nunca perdeu para o italiano.

A Roma volta às eliminatórias da Champions, tornei em que no ano passado fez uma grande campanha, eliminando o Barcelona, até ser eliminada pelo Liverpool nas semifinais. Mas o time não parece tão brilhante este ano, como como mostra sua sexta posição no Campeonato Italiano.

As oitavas de final vão contar com a novidade do VAR - Árbitro Assistente de Vídeo - que finalmente chega à Liga dos Campeões.

 

-- Programação dos jogos de ida das oitavas da Liga dos Campeões:

 

- Terça-feira

(18h00) Roma (ITA) - Porto (POR)

Manchester United (ING) - PSG (FRA)

 

- Quarta-feira

(18h00) Tottenham (ING) - Borussia Dortmund (ALE)

Ajax (HOL) - Real Madrid (ESP)

 

- Terça-feira 19 de fevereiro

(18h00) Lyon (FRA) - Barcelona (ESP)

Liverpool (ESP) - Bayern Múnich (ALE)

 

- Quarta-feira 20 de fevereiro

(18h00) Atlético de Madrid (ESP) - Juventus (ITA)

Schalke 04 (ALE) - Manchester City (ING)

 

adc/ah/pm/aam