Diego Souza e Anderson Martins não treinam e viram dúvidas do São Paulo

O São Paulo pode ter mais dois desfalques para a partida desta quinta-feira, contra o Vasco, às 20 horas, em São Januário, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O meia-atacante Diego Souza e o zagueiro Anderson Martins não participaram do treino no CT da Barra Funda e preocupam o técnico interino André Jardine, que dirigirá a equipe pela terceira vez desde a saída de Diego Aguirre.

O problema do camisa 9 não é novo. Antes do jogo contra o Grêmio, que marcou a estreia de Jardine no cargo, Diego Souza torceu o joelho direito e acabou não participando do empate em 1 a 1, no Morumbi. Porém, retornou à formação titular no domingo e marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro. Agora, voltou a sentir dores no joelho e acabou poupado da atividade. A expectativa é de que possa treinar na quarta e embarcar para o Rio.

Já Anderson Martins se recupera de uma amigdalite. No caso da zaga, o problema é maior porque Jardine já não poderá contar com Bruno Alves, suspenso. Assim, restariam apenas Arboleda e Rodrigo Caio para formar a dupla defensiva.

Fora Bruno Alves, o treinador também não terá à disposição o atacante uruguaio Gonzalo Carneiro (problema muscular na coxa direita), o equatoriano Rojas (passou por cirurgia no joelho direito) e o volante Luan (em recuperação de entorse no tornozelo direito).

Assim, uma possível escalação para encarar os vascaínos teria: Jean; Bruno Peres, Arboleda, Rodrigo Caio (Anderson Martins) e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Nenê; Everton, Helinho e Diego Souza (Tréllez).

Na quinta colocação do Brasileirão, com 62 pontos, o São Paulo segue em disputa equilibrada com o Grêmio por uma vaga no G4: os gaúchos estão em quarto lugar, com a mesma pontuação, mas vantagem no número de vitórias (17 a 16). Eles entram em campo um dia antes dos paulistas, já que visitam o Flamengo no Maracanã nesta quarta, às 21h45.