Flu fica no 0 a 0 com o Ceará e ainda precisa de pontos para relaxar

Não chega a ser desesperadora, mas a situação do Fluminense a três rodadas do fim do Brasileiro está longe de ser tranquila. A equipe empatou em 0 a 0 com o Ceará, no Maracanã, chegou a 42 pontos e ainda precisa de pelo mais dois para respirar aliviado. O empate foi bom para o Ceará, que passou o Vasco e vestá em 14º. No fim a torcida vaiou o time tricolor

Ainda ameaçado, o Fluminense entrou em campo consciente de que uma vitória significava um fim de ano tranquilo. Esteve perto de abrir o placar aos 19, com Everaldo quase faz um golaço. Mas depois de uma começo tímido, o Ceará se soltou e equilibrou a partida. E só não abriu o placar aos 21 porque Júlio César fez defesa espetacular em cobrança de falta de Juninho.

Macaque in the trees
O jogador Sornoza do Fluminense durante a partida entre Fluminense e Ceará, válido pelo Campeonato Brasileiro 2018 no Estádio Maracanã no Rio de Janeiro (Foto: Dhavid Normando/Agência Estado)

A escolha por Cabezas se mostrou um equívoco e, no intervalo, Marcelo Oliveira pôs Matheus Alessandro no lugar do equatoriano. O tricolor ficou mais ofensivo, mas o Ceará passou a ter espaços. Teve mais chances que o tricolor, mas ficou satisfeito com o empate.

Fluminense: Júlio César, Igor Julião, Gum, Digão e Ayrton Lucas; Aírton, Richard, Sornoza (Macula) e Everaldo (Marcos Júnior); Cabezas (Matheus Alessandro) e Luciano. Ceará: Éverson, Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Juninho, Richardson, Calyson (Ricardinho) e Leandro Carvalho (Eder Luís); Ricardo Bueno (Arthur)e Felipe Azevedo. Juiz: Anderson Daronco (SP). Cartões amarelos: Ayrton Lucas, Macula, Richard, Richardson, Samuel Xavier e Felipe Azevedo.