Jornal do Brasil

Esportes

Sem Marcelo e Varane, interino Solari dirige treino no Real e cobra empenho

Jornal do Brasil

Um dia depois de demitir Julen Lopetegui, o Real Madrid foi comandado pelo técnico interino Santiago Solari em um treino nesta terça-feira, quando ele dirigiu o último trabalho de preparação para o confronto diante do Melilla, fora de casa, nesta quarta, às 15h30 (de Brasília), pela Copa do Rei.

Na atividade, o treinador argentino não pôde contar com o lateral brasileiro Marcelo e com o zagueiro francês Varane, ambos lesionados, assim como não teve Mariano, Vallejo e Carvajal, também em processos de recuperação. O departamento médico do Real, por sua vez, emitiu um breve comunicado nesta terça para confirmar que exames detectaram que Varane sofreu uma lesão muscular na perna direita e que o problema do atleta agora está "pendente de evolução".

Enquanto a diretoria do clube madrilenho tenta acertar a contratação de um novo treinador, Solari será o responsável por estar à frente da equipe nesta partida fora de casa. Será o primeiro duelo do time após a humilhante goleada por 5 a 1 sofrida contra o Barcelona no clássico do último domingo, no Camp Nou, em revés pelo Campeonato Espanhol que se tornou determinante para a demissão de Lopetegui.

Após o treinamento desta terça-feira, Solari cobrou empenho dos jogadores em busca de uma reabilitação expressiva já a partir desta quarta-feira. "A ideia é ir a Melilla amanhã e jogar com dois colhões. Com muito entusiasmo, entrega e muita vontade de fazer as coisas bem. Estamos todos animados e com vontade de jogar esta partida. Meu primeiro objetivo é ganhar amanhã", disse o treinador, em coletiva, sem querer projetar a sua eventual continuidade no cargo por mais tempo.

Solari ressaltou que este elenco atual do Real é altamente vencedor e tem tudo para superar a má fase. "É um grupo de campeões e guerreiros que já ganharam muito para este clube. A situação não é a mais fácil, mas eu os vi com vontade de revertê-la", completou o comandante.

O argentino ainda comentou nesta terça sobre o brasileiro Vinicius Junior, promessa contratada pelo Real junto ao Flamengo e que luta para se firmar neste início de passagem pelo clube espanhol. "É um jogador a mais no elenco, igual ao resto. É um membro a mais do plantel, é jovem e talentoso. Tem muito a aprender e muito a dar, agora e no futuro. Não há jogador no elenco do Real Madrid que não tenha nível para jogar", enfatizou.

 



Recomendadas para você