Hellmeister deixa hospital na Itália após grave acidente

Piloto brasileiro ficou mais de um mês internado

O piloto brasileiro Alan Hellmeister, da categoria GT Open, deixou nesta sexta-feira (26) o Hospital San Gerardo, em Monza, após ter sofrido um grave acidente no mês passado no circuito italiano.
Na disputa da penúltima etapa da GT Open de 2018, no autódromo de Monza, o brasileiro perdeu repentinamente o controle do seu carro e bateu violentamente contra a mureta de proteção. Na colisão, que aconteceu logo após a bandeirada final da prova, a Mercedes de Hellmeister ficou completamente destruída.
O brasileiro ficou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital italiano, com graves fraturas nas pernas e uma lesão no peito. Hellmeister precisou passar por cinco procedimentos cirúrgicos para estabilizar as fraturas.
Após o susto, o piloto voltará ao Brasil depois de mais de um mês na Itália e passará por um processo de reabilitação em um centro especializado.
"Uma grande equipe, foi difícil, mas eu fui acompanhado pelos melhores. Após a reabilitação eu quero voltar a correr", disse o brasileiro sobre a gestão do hospital.