Jornal do Brasil

Esportes

Mídia britânica cogita saída de Mourinho do United

Zinedine Zidane seria o principal substituto do português

Jornal do Brasil

Esse próximo final de semana será de decisão para o técnico José Mourinho e o Manchester United. O confronto dos Red Devil's diante do Chelsea, neste sábado (20), poderá definir o futuro do português no comando clube inglês.

Nas oito primeiras rodadas da Premier League, o Manchester United apresentou resultados abaixo do esperado, como nas derrotas para o Brighton, West Ham e Tottenham, este último de goleada (3 a 0). Além disso, o tradicional time britânico foi eliminado precocemente da Copa da Liga Inglesa, diante do Derby County, que disputa a segunda divisão.

A situação de Mourinho piorou após o treinador ter tido desentendimento no treinamento com o meio-campista Paul Pogba, logo após o vexame diante do Derby County. Ambos não se cumprimentaram no gramado e tiveram uma conversa acalorada no vampo.

Segundo a mídia esportiva britânica, Mourinho seria demitido independente do resultado que conquistaria diante do Newcastle, no dia 6. No confronto, o Manchester United fez sua lição de casa e derrotou, de virada e com muitas dificuldades, os "Magpies", por 3 a 2. O técnico português, por sua vez, continuou no cargo.

Diante do Chelsea, em Londres, na próxima rodada do Campeonato Inglês, o Manchester United tentará engrenar sua segunda vitória consecutiva no torneio, e consequentemente subir na tabela, já que ocupa no momento a 8ª colocação. Em meio a turbulência do United, a mídia britânica já especula os possíveis substitutos de Mourinho nos Red Devils. O nome mais forte até o momento é o de Zinedine Zidane, que segundo o tabloide "The Sun", estaria até estudando para aprimorar seu inglês. No final de setembro, o ex-jogador postou uma foto no Instagram em que estava na capital britânica, levando os torcedores do Manchester a loucura.

Além do francês, a mídia britânica ainda cita os nomes de Antonio Conte, ex-Chelsea; Laurent Blanc, ex-PSG; Mauricio Pochettino, do Tottenham; Diego Simeone, do Atlético de Madrid; e até Ryan Giggs, que está comandando a seleção de Gales.

O atacante Zlatan Ibrahimovic, que atualmente joga no Los Angeles Galaxy, mas que passou pelo o United entre 2016 e 2018, saiu ontem (18) em defesa do seu ex-treinador.

" Todo mundo critica o Mourinho e eu não acho que é por conta dos resultados, é por conta do caráter, por conta da forma que ele é. Eu me vejo um pouco nessa situação, nós temos a nossa confiança, nós acreditamos em coisas, nós dizemos certas coisas, do nosso jeito", disse o sueco em entrevista à emissora "Sky Sports".



Recomendadas para você