Erzurum, na Turquia, não sediará Jogos de Inverno de 2026

O Comitê Olímpico Internacional (COI) rejeitou nesta quinta-feira (4) a candidatura da cidade turca de Erzurum para sediar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2026.

 

O vice-presidente da entidade, Juán-Antonio Samaranch, justificou a decisão dizendo que telecomunicações, transportes e aeroportos ainda eram "desafios" para a cidade turca. Erzurum fica no leste do país e considerava utilizar parte da estrutura russa dos Jogos de Sochi, em 2014, para realizar o evento.

 

O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, disse que as três candidaturas oficias serão definidas até o fim da próxima semana, para serem avaliadas pelos membros da organização. As concorrentes devem ser Calgary (Canadá), Estocolmo (Suécia) e a candidatura combinada de Milão e Cortina D'Ampezzo, na Itália.

 

As candidaturas de Sion (Suíça), Innsbruck (Áustria) e Sapporo (Japão) já haviam sido descartadas anteriormente pelo comitê. A votação definitiva para definir a sede dos Jogos ocorrerá em setembro do ano que vem.