Dilma diz que está preparada para segundo turno

Durante caminhada na cidade de São José dos Campos, na manhã desta sexta-feira (3), a presidente Dilma Rousseff comentou o debate da Rede Globo, realizado na noite desta quinta-feira (2), no Rio de Janeiro, e reforçou a perspectiva da realização de um segundo turno. “Nós estamos contando com o segundo turno e vamos lutar e apresentar as nossas propostas de Educação, Saúde, moradia, como o Minha Casa Minha Vida, o Pronatec, com os cursos técnicos profissionalizantes. Então, estamos preparados para enfrentar o primeiro e o segundo turno”, comentou.

A presidente avaliou o debate como positivo. “Foi um bom debate, com as limitações que um debate com sete pessoas tem, porque você tem um minuto e meio para responder, 40 segundos para a réplica e a tréplica, e isso é um momento muito curto para você fazer confronto de fato de propostas. Mas ele foi muito bom e acho que deu pra esclarecer”, acrescentou.

>> Aécio faz campanha em BH e diz que novo governo encontrará o caos econômico

Ao falar sobre o projeto do trem-bala, que vai ligar São Paulo e Rio de Janeiro, Dilma explicou que o projeto foi adiado para esperar um melhor momento econômico dos países das empresas investidoras. “Eu acredito que esse é um projeto importante. Nós tivemos que adiá-lo porque uma boa parte dos investidores que eram basicamente da Espanha, França, Itália e Alemanha estavam sob o risco de uma crise internacional e da moeda do Euro, então a capacidade dos investidores participarem estava comprometida”.

Indagada sobre as denúncias de suposto uso dos Correios para favorecer a sua candidatura, Dilma disse que as acusações partem de "quem tem medo de perder". "Olha, é uma coisa interessante. Essa história aparece sempre quando alguém corre o risco de perder a eleição, que é atribuir responsabilidade aos outros", disse.