Rio terá 29 mil policiais no esquema de eleições

A Polícia Militar definiu o policiamento para o fim de semana das eleições, em que trabalhará em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). No total, 14.365 policiais participam do esquema especial para garantir o direito fundamental do voto em todo o Estado do Rio. Outros 15.190 estarão trabalhando na escala normal, ou seja, um total de 29.555 estará nas ruas sábado e domingo em todo o Estado.

Ao todo, serão cobertos 5.430 locais de votação, além de prestação de serviços como escolta das urnas e segurança para integrantes do TRE. O esquema especial já começa no sábado a partir das 14h.

Participam do esquema, além dos batalhões convencionais e das Unidades de Polícia Pacificadora, também as unidades de Policiamento Especializado (BOPE, BPChoque, BPVE, BPTur, BPRv, BAC, BPGE, GAM, GEPE, GPFer e RPMont).

O policiamento terá bases de referência, chamadas de Polos de Detenção. O 1º Comando de Policiamento de Área e o 2° Comando de Policiamento de Área já definiram os locais de seus polos - já os outros CPAs, na Baixada, Niterói e Interior, definirão junto com as respectivas comarcas.

Na capital, os polos serão Maré (base do CPOR, Exército), Del Castilho (3ºBPM), Honório Gurgel (9ºBPM), Olaria (16ºBPM), Barra da Tijuca (31ºBPM), Bangu (14ºBPM), Jardim Botânico (23ºBPM) e Madureira (41ºBPM). A região de Santa Cruz terá dois polos - um no 27ºBPM (Santa Cruz) e outro no 40ºBPM (Campo Grande). A região da Saúde também terá dois polos - um no 5ºBPM (Praça da Harmonia) e outro no 6ºBPM (Tijuca).