El País: A sociedade era praticamente inexistente

O jornal El País publicou nesta terça-feira (30) um artigo analisando o debate presidencial que aconteceu na noite de domingo. O jornal começa afirmando que, “ a sociedade brasileira e os problemas reais do dia a dia, que preocupam e amargam a vida dos cidadãos, ficaram de fora. Não houve voz para eles”. O texto define o debatiu como “tenso” e “nervoso” e disse que predominaram as acusações mútuas entre os candidatos.

Para o jornal, Dilma Rousseff, Marina Silva e Aécio Neves, pareciam mais preocupados em atacar uns aos outros e também em se defender contra os ataques. O texto segue dizendo que, “durante duas horas” os candidatos conversaram sobre a corrupção da Petrobras, que o El País explicou como algo “que envergonha e enfurece o país”. A crítica segue dizendo que, no debate, “pouco ou nada” foi dito sobre as reinvindicações que levaram às ruas manifestantes insatisfeitos com os rumos do país.

O El País enfatiza ainda que, das três principais reivindicações dos protestos, apenas a saúde pública foi comentada nos debates. Por outro lado, o transporte público e a educação, diz o jornal “foram totalmente ausentes”. O jornal afirma que a sociedade foi assunto apenas quando a candidata Luciana Genro (PSOL) questionou Marina Silva sobre sua proposta de “nova política”. A resposta de Marina, segue a resportagem, foi que de sua nova política não fariam parte os partidos e sindicatos e, sim, a sociedade. Contudo, ressalta a publicação, o assunto não foi aprofundado.

O artigo comenta que, nas redes sociais, os eleitores de monstravam “aflingidos” e perguntavam sobre educação. “ Por incrível que possa parecer, a palavra "educação" não foi pronunciada uma vez durante todo o debate”, comenta o jornalista.

O El País finaliza com uma reflexão lembrando uma frase de Eduardo Campos. “O dia em que as crianças do estudo pobres e ricos na mesma escola naquele dia o Brasil é o país que queremos", disse o político. O jornalista, então, pergunta: “será que o sonho de Campos também morreu com ele nos escombros do avião?”