PV entra com representação contra Levy Fidélix no Ministério Público

A pedido de Eduardo Jorge, o PV Diversidade, representado por André Pomba, candidato do PV a deputado federal, protocolou hoje no Ministério Público uma representação contra Levy Fidélix por seu pronunciamento homofóbico proferido ontem no debate da Rede Record. A representação pede que se instaure inquérito/processo crime pelo desrespeito à dignidade humana e igualdade de direitos.

"Hoje cedo já mobilizei o Jurídico do Partido Verde e o PV Diversidade, na figura de André Pomba, e entramos hoje no Ministério Público, em São Paulo, com uma representação contra Levy Fidélix pelas declarações homofóbicas no debate de ontem. A posição do PV todos já conhecem, somos a favor de equiparar a homofobia a crime de racismo. Para nós, mesmo sem essa legislação explicitamente aprovada no congresso, julgamos que cabe o processo por incitação à violência e preconceito. O Jurídico do PV também está estudando para amanhã uma ação no TSE".