Temer cede a pressões de caminhoneiros em greve e reduz preço do diesel

O presidente Michel Temer cedeu aos caminhoneiros, em greve há uma semana no País, e anunciou neste domingo (27) a redução de 46 centavos no preço do litro do diesel, um ajuste que será mantido por 60 dias.

Em pronunciamento transmitido pela TV, Temer anunciou outras quatro medidas que atendem às reivindicações dos caminhoneiros, que mantêm bloqueios em todo o território nacional, impactando setores de transportes, saúde, educação e alimentos desde a segunda-feira passada.

pr/cd/mvv