Superávit comercial da UE com EUA volta a aumentar em janeiro

O superávit comercial da União Europeia (UE) com os Estados Unidos aumentou novamente em janeiro, chegando a 10,3 bilhões de euros, 600 milhões a mais que no mesmo mês de 2017, de acordo com dados publicados nesta segunda-feira.

Em janeiro, as exportações para os Estados Unidos cresceram 5,3% para 31,7 bilhões de euros em relação ao mesmo período de 2017, indicou o escritório europeu de estatísticas Eurostat.

As importações aumentaram 4,9% para 21,4 bilhões de euros.

O anúncio dos dados coincide com as atuais tensões comerciais entre a UE e os Estados Unidos, depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou sua intenção de taxar em 25% as importações de aço para o país e 10% sobre o alumínio.

Para a zona do euro, em janeiro, o superávit comercial foi de 3,3 bilhões de euros com o resto do mundo, após um déficit de 1,4 bilhões em janeiro de 2017.

As exportações de bens da zona do euro para o resto do mundo cresceram 9,1% para 178,6 bilhões de euros em janeiro, em comparação com o mesmo mês de 2017, enquanto as importações aumentaram 6,3%, atingindo 175,4 bilhões de euros. 

O superávit comercial da UE com os Estados Unidos já havia aumentado em 2017 como um todo: 120,8 bilhões de euros em 12 meses, contra 113,1 bilhões no ano anterior, anunciou Eurostat no mês passado.