Bolsa fecha com baixa de 1,01%

O principal índice da bolsa paulista fechou em queda nesta quinta-feira (26), com investidores cautelosos com o andamento de reformas no Congresso, após Câmara dos Deputados rejeitar a denúncia contra o presidente Michel Temer com um placar apertado.

O Ibovespa fechou com queda de 1,01%, a 75.899 pontos. 

Às 11h09, o Ibovespa subia 0,32%, a 76.916 pontos. Na véspera, o índice subiu 0,42% e atingiu 76.671 pontos. Durante a sessão, o Ibovespa chegou a ter uma queda rápida após a informação de que o presidente Temer estava internado no hospital.

Às 13h26, o movimento ainda era de alta de 0,30%, a 76.899 pontos.

O dólar, por sua vez, fechou em alta sobre o real nesta quinta-feira (26), com os investidores reagindo ao noticiário político doméstico.

A moeda norte-americana fechou com alta de 1,22%, a R$ 3,2846. 

O cenário externo também estava no foco dos mercados, com expectativa sobre a escolha do novo presidente do Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos.

Às 11h10, a moeda-norte-americana avançava 0,06%, vendida a R$ 3,2351.

Às 13h29, a divisa avançava 0,75%, a R$ 3,2576.