Pirelli fecha 1º trimestre com lucro de quase 50 mi de euros

Resultado reflete alta de 13,4% no período

A Pirelli fechou o primeiro trimestre de 2017 com um lucro líquido de 49,5 milhões de euros, informou em nota a companhia italiana nesta terça-feira (23). Em 2016, o mesmo período havia apontado uma queda de 30,4 milhões de euros.

As receitas tiveram um aumento de 13,4%, atingindo 1339,3 milhões de euros, com Ebitda equivalente a 270,3 milhões de euros, informa a Pirelli em nota. O resultado operacional (Ebit) ficou em 168,7 milhões de euros, que refletem as despesas não recorrentes e de restruturação para 10,1 milhões d euros e 26,2 milhões de euros em amortizações resultantes das compras de ativos da Pirelli pela Marco Polo.

Os resultados "refletem o início do processo de transformação da Pirelli em um 'Pure Consumer Tyre Player', com a consequente implantação de novos projetos que miram no reforço de seu posicionamento na alta e na altíssima gama para maior rentabilidade e o desenvolvimento de novas atividades voltadas para captar as novas tendências da mobilidade".

A tendência das receitas, explica ainda a Pirelli, "foi beneficiada pelo forte crescimento do componente price/mix (+5,5%, no máximo nível entre os concorrentes) devido, em particular, à melhora do mix de vendas, graças ao sucesso dos produtos de alta gama e do aumento dos preços nos mercados emergentes".

De acordo com a empresa, as receitas do segmento Premium "cresceram 16%, para a cota de 907,4 milhões de euros".