Expectativa sobre dados de estoque dos EUA impulsiona preços do petróleo

Os contratos futuros dos barris de petróleo negociados em Londres e Nova York operam em alta nesta terça-feira (4), no aguardo dos dados de estoques nos EUA que devem ser divulgados no fim da tarde.

Amanhã, às 11h30, o Departamento de energia (DoE, na sigla em inglês) dos EUA deve divulgar os dados oficiais. Na semana anterior, os estoques subiram menos do que o esperado.

Os preços da commodity recuavam mais cedo com preocupações sobre o excesso de oferta, com a retomada da produção no maior campo petrolífero da Líbia. Na véspera, a Líbia anunciou retomada da produção no seu campo de Sharara, após ter sido ocupado na semana anterior.

Às 10h (de Brasília), o petróleo WTI para maio, contrato mais líquido, subia 0,50%, a US$ 50,49 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex). No mesmo horário, o Brent para junho também registrava avanço de 0,75%, a US$ 53,52 o barril, na Intercontinental Exchange (ICE).

Às 14h45, o barril de Brent tinha alta de 1,69%, a US$ 54,02. No mesmo horário, o barril de WTI tinha alta de 1,45%, a US$ 50,97.