Bovespa opera estável amparada por Petrobras

O principal índice da Bovespa opera estável nesta sexta-feira (9), amparada pelos ganhos na Petrobras, mas prejudicada pelo movimento de ajuste que mantém as ações da JBS em queda. 

A falta de definição da bolsa também é determinado pela expectativa sobre o cenário político doméstico e sobre as medidas do governo que podem afetar a economia.

Os investidores aguardam a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que vai limitar os gastos públicos. A votação deve ocorrer na próxima terça (13). O mercado também acompanha os desdobramentos acerca da proposta de reforma da Previdência.

Às 12h46, o Ibovespa, principal indicador da bolsa, operava na estabilidade, a 60.676 pontos.

Às 15h13, o índice tinha queda de 0,20%, aos 60.554 pontos. 

Dólar

Já o dólar operava com leves movimentos de alta e baixa no começo da tarde. Os investidores adotam uma postura cautelosa em relação a uma reunião de política monetária do Federal Reserve, na próxima semana. 

Às 12h46, a moeda norte-americana subia 0,18%, a R$ 3,3814.

Às 15h20, a moeda tinha queda de 0,09%, a R$ 3,3721.