'Página 12': Brasil e Argentina unidos na recessão

Reportagem fala sobre a queda de produção e as exportações de veículos no país

Matéria publicada nesta quinta-feira (6) pelo jornal Página 12 conta que no Brasil manterá a redução de horas de trabalho nas fábricas de carros, apesar das vendas no mercado interno apresentarem leve crescimento, existe uma forte presença de importados.

Segundo a reportagem a produção de automóveis em setembro apontou uma redução de 19,6 por cento em relação ao mesmo mês do ano passado. O relatório da Adefa indica também a fabricação de 42,594 unidades no mês passado, contra 52.977 em setembro de 2015. De agosto a setembro, a queda foi de 2,2 por cento. Comparado ao ano passado, as exportações caíram quase na mesma proporção que a produção: 19,2 por cento. 

> > Página 12 Unidos a Brasil en la recesión

O jornal de Buenos Aires acrescenta que o Brasil, principal mercado de exportação de automóveis, permanece retraído, e com manifestações de funcionários nas principais fábricas do país (Fiat e Volkswagen, entre eles), poo conta da redução de pessoal e horas de trabalho.

A queda na produção automotiva  completa nove meses consecutivos em setembro em relação ao mesmo mês de 2015. No acumulado de janeiro a setembro deste ano conta se uma produção de 347,895 unidades, finaliza o jornal Página 12.