Índice de Confiança do Setor de Seguros acumula alta de 69% no ano

Em alta desde o início do ano, o Índice de Confiança do Setor de Seguros (ICSS) – um dos principais termômetros do mercado – subiu 71,5% no acumulado de janeiro a setembro. Este mês, o ICSS marcou 115 pontos, o melhor resultado desde 2014. Em janeiro, o mesmo indicador havia registrado 66 pontos. Segundo o levantamento da Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor), o resultado reflete? o otimismo do empresariado em relação ao cenário político e a expectativa de mudanças positivas na economia brasileira.  

“O principal desafio é recuperar o terreno perdido. O primeiro semestre foi duro para a economia brasileira e o setor de seguros também foi afetado. Mas a expectativa de retomada do crescimento é muito forte. Os empresários dão sinais de um reaquecimento neste segundo semestre, o que vai influenciar o desempenho dos corretores de seguros e seus negócios ”, destaca o presidente da Fenacor, Armando Vergilio.

Os resultados do ICSS são calculados a partir de pesquisa realizada pela Fenacor com 100 grandes empresas do setor, que conferem pontuação de 0 a 200 para a confiança na economia, rentabilidade e faturamento. Também foram apurados outros três indicadores: ICSS (de confiança do setor de seguros no Brasil), ICER (Índice de Confiança e Expectativas das Resseguradoras) e ICGC (Índice de Confiança das Grandes Corretoras).

A pesquisa da Fenacor também apura a expectativa das empresas em relação ao crescimento da economia pelos próximos seis meses. T odos os três segmentos do mercado (seguradoras, corretoras e resseguradoras) registraram alta dos seus índices de confiança: 94%, 88% e 76%, respectivamente.

Quanto ao faturamento, 86% das corretoras; 98% das seguradoras e 92% das resseguradoras esperam um cenário mais favorável nos próximos seis meses. Na análise da rentabilidade, o otimismo segue em alta: 76% das corretoras; 84% das seguradoras e 77% das resseguradoras confiam na manutenção ou melhora dos índices atuais.