'Le Monde': Deutsche Bank agoniza e ameaça todo o sistema financeiro europeu

Reportagem diz que enfraquecimento do banco seria fim da ambição alemã

O jornal francês Le Monde publicou nesta quinta-feira (29) reportagem em que aborda a situação atual do Deutsch Bank. O noticiário francês lembra que foi na bela cidade de Augsburg, na Baviera, que nasceu o moderno banco alemão. Na virada do século XV, a família Fugger era dona de um verdadeiro império financeiro que se estendia do Báltico ao Mediterrâneo. 

O diário afirma que Jakob Fugger, o homem mais rico de seu tempo, financiou as conquistas de Charles V e chegou a ser imperador com  direito a cunhar uma moeda. Seus sucessores dificilmente se manteriam no mesmo nível. 

>> Le Monde Deutsche Bank, la fin d’une ambition allemande

>> Bolsa fecha em queda influenciada por bancos e Petrobras

A reportagem do Monde informa que o Deutsche Bank, primeiro banco alemão, está agonizando e ameaçando todo o sistema financeiro europeu. O anúncio de uma possível multa de US$ 14 bilhões (€ 12,5 bilhões) pelas autoridades dos Estados Unidos e os rumores de um possível aumento de capital causaram um grande colapso das ações da empresa. 

O jornal francês lembra que em junho o Fundo Monetário Internacional (FMI) já havia classificado a instituição como "grande fonte de risco". 

Leia também

> > 'Financial Times': Opep fecha acordo de corte na produção em Argel

> > 'WSJ': Petróleo de xisto americano sobrevive ao colapso

> > 'Forbes': Brasil despenca no ranking de competitividade global