Petróleo volta a sofrer queda com dados sobre estoques dos EUA

Os barris de petróleo registram desvalorização nesta quarta-feira (24). Dados do American Petroleum Institute (API), divulgados no final da sessão da véspera, apontaram para uma inesperada alta de 4,5 milhões de barris nos estoques de crude dos Estados Unidos. O mercado ainda está na expectativa pelos dados oficiais, divulgados pelo Departamento de Energia norte-americano às 11h30 (horário de Brasília) desta quarta. 

O índice dólar também ganha força, ajudando a reforçar as perdas da matéria-prima. Um dólar mais forte enfraquece a demanda por petróleo.

Às 9h, o barril de Brent tinha queda de 1,32%, a US$ 49,30, na International Exchange Futures (ICE), em Londres. No mesmo horário, o barril do West Texas Intermediate (WTI), negociado no New York Mercantile Exchange (Nymex), em Nova Iorque, registrava uma perda de 2,00%, a US$ 47,14.

Às 13h24, o barril de Brent tinha queda de 1,88%, a US$ 49,02, na International Exchange Futures (ICE), em Londres. No mesmo horário, o barril do West Texas Intermediate (WTI), negociado no New York Mercantile Exchange (Nymex), em Nova Iorque, registrava uma perda de 2,97%, a US$ 46,67.

Às 17h06, o barril de Brent tinha queda de 1,88%, a US$ 49,02, na International Exchange Futures (ICE), em Londres. No mesmo horário, o barril do West Texas Intermediate (WTI), negociado no New York Mercantile Exchange (Nymex), em Nova Iorque, registrava uma perda de 2,72%, a US$ 46,79.

Dados da véspera

O petróleo tinha fechado em alta nesta terça-feira (23), com especulações de que o Irã deve apoiar uma ação conjunta para equilibrar o mercado de petróleo. Terceiro maior produtor da Opep, o país tinha se recusado a participar da tentativa anterior de congelamento de produção. A Opep tem reunião marcada para o mês que vem na Argélia. 

O barril de Brent negociado na ICE subiu 1,62%, a US$ 49,96, nesta terça-feira, e o barril de WTI fechou com valorização de 1,46% na Bolsa Mercantil de Nova Iorque, a US$ 48,10.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais