Bovespa opera em alta nesta quinta-feira

Na véspera, bolsa fechou em alta de 0,32%, 

A Bovespa opera em forte alta nesta quinta-feira (17), impulsionada pelas disparada das ações da Petrobras, bancos e siderúrgicas, e acompanhando a alta das bolsas asiáticas e europeias, que também sobem forte. 

Segundo operadores, o avanço é devido à declaração da presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, na quarta-feira, de que os juros nos Estados Unidos aumentariam de forma gradual.

O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, durante café da manhã com jornalistas, nesta quinta-feira disse que as projeções do BC para Investimento Direto no País (IDP) não mudam em função da perda do grau de investimento do Brasil pela segunda agência de classificação de risco neste semestre. "Essas coisas não mudam do dia para a noite. Todos já vinham se preparando para essa possibilidade (de rebaixamento)", disse.

Às 10h09, o índice Ibovespa subia 1,4%, aos 45.646 pontos.

Às 11h, o Ibovespa tinha alta de 2,15% aos 45.982,33 pontos.

Às 14h50, o índice subia 1,50% aos 45.689,38 pontos.

Na quarta-feira, a Bovespa fechou em alta de 0,32%, a 45.015 pontos, com clima de cautela em relação à notícia da saída de Joaquim Levy do Ministério da Fazenda e após a Fitch cortar a nota de crédito e, retirando o grau de investimento do Brasil. 

O anúncio do aumento da taxa de juros pelo Federal Reserve (Banco Central dos EUA) ficou em segundo plano.