Quadrilha se passa por representante da Petrobras para aplicar golpes a empresas

Um novo modelo de golpe está trazendo prejuízos a empresas de engenharia, segundo divulgou o portal Petronotícias. Uma quadrilha age em nome da Petrobras oferecendo oportunidades de negócios no setor, aproveitando o afastamento de algumas das maiores companhia do setor.

Segundo a reportagem, três empresas denunciaram o golpe, sendo uma delas a CVF Engenharia. As companhias recebem ligações em nome da Petrobras, e a quadrilha diz que estaria buscando alternativas no mercado de engenharia. Uma reunião é marcada e é feita uma apresentação sobre as novas oportunidades para os fornecedores, sempre usando a marca da Petrobras. 

Os golpistas pedem dados de documentação, conta bancária e cartões de crédito para verificações, que seriam necessários para a inscrição no cadastro da estatal. Além disso, cobram um valor mínimo para fazer frente às despesas iniciais que seriam pagar internamente para agilizar o cadastro. A CVF e outra empresa se recusaram a fazer o pagamento, mas uma terceira pagou a primeira de duas taxas, no valor de R$ 50 mil. Os fraudadores nunca mais apareceram. 

Procurada para falar sobre o caso, a Petrobras destacou que não cobra nenhum tipo de taxa para cadastramento de fornecedores e que não credencia, indica ou orienta a contratação de quasquer consultores, pessoas físicas ou jurídicas como intermediários para preencher os questionários do Cadastro de Fornecedores de Bens e Serviços da Petrobras.

O comunicado diz ainda que "empresas interessadas em tornar-se fornecedores da Petrobras devem buscar informações unicamente nos meios oficiais de comunicação da Companhia disponíveis no Canal Fornecedor da Petrobras, que pode ser acessado por meio site da Companhia (www.petrobras.com.br) ou no Portal Eletrônico para Comercialização de Bens e Serviços do Grupo Petrobras(www.petronect.com.br).

O primeiro passo para uma empresa que tenha interesse em fazer parte da cadeia de fornecedores da Petrobras é cadastrar-se. O cadastramento está disponível na internet (www.petronect.com.br) e nele os fornecedores são qualificados no Cadastro Corporativo de Fornecedores de Bens e Serviços (aqueles que tem o CRCC- Certificado de Registro e Classificação Cadastral ) ou registrados no Registro Simplificado (esses atendem às necessidades locais mais simples das unidades de negócios). 

Após o respectivo cadastramento, o fornecedor estará apto a participar de processos de contratação adequados à sua especificidade, de acordo com a demanda da Petrobras e a disponibilidade do mercado fornecedor.

A Petrobras mantém uma lista permanente de Bens e Serviços disponível para Cadastramento. A escolha dos itens desta lista na etapa de “Identificação” determinará os requisitos a serem atendidos pelo fornecedor para a participação no Cadastro Corporativo (fornecimento completo) e/ou Registro Simplificado (fornecimento simplificado).

Cadastro Corporativo (fornecimento completo)Utilizado para fornecimentos de bens e/ou serviços de maior complexidade, porte ou valor, disponíveis para as empresas brasileiras prestadoras de serviços e empresas brasileiras ou estrangeiras fornecedoras de bens. Mediante a aprovação na avaliação, a empresa recebe o Certificado de Registro e Classificação Cadastral (CRCC), válido por até um ano. O CRCC pode ser renovado pelo mesmo período de acordo com o resultado dos critérios obrigatórios.

Registro Simplificado (fornecimento simplificado)Usado para fornecimentos simplificados, isto é, bens e/ou serviços de interesse local, de menor porte, complexidade ou valor, disponíveis somente para as empresas brasileiras. Após a avaliação e aprovação, a empresa se torna apta para as aquisições nas unidades locais por até um ano. Para manter a aprovação a empresa deverá renovar as informações. 

Importante: A aprovação no Cadastro de Fornecedores de Bens e Serviços da Petrobras não lhe assegura o direito de participar de todos os processos de aquisição da Petrobras.”

Fonte: Petronotícias