Vice-líder do PT defende substitutivo do relator para projeto da desoneração

O vice-líder do PT, deputado Afonso Florence (BA), fez uma defesa do substitutivo proposto pelo deputado Leonardo Picciani (PMDB-RJ), para o Projeto de Lei 863/15, do Executivo, que aumenta as alíquotas incidentes sobre a receita bruta das empresas de 56 setores da economia com desoneração da folha de pagamentos.

Segundo Florence, antes do acordo firmado com partidos da base aliada, o PT tinha uma lista com diversos destaques para casos específicos previstos no PL 863/15. Entretanto, firmado o acordo em torno do possível para garantir a aprovação do PL, ele acredita que o texto do relator deve ser preservado.

“Foi construído um acordo. Agora não dá para, no Plenário, de acordo com o mérito, possivelmente até defensável de situações especificas, começarmos a mutilar o texto do relator, que aprovamos ontem”, sustentou.