Petróleo opera em alta com dólar mais fraco

Os preços do petróleo operam em alta nesta quarta-feira (24/6) em meio a uma desvalorização do dólar em relação ao euro e a uma expectativa do mercado por uma nova queda nos estoques do petróleo nos Estados Unidos.

O petróleo é negociado em dólar e por isso se torna mais barato para investidores estrangeiros que precisam comprar a moeda para adquirir a commodity, elevando a demanda por barris e, consequentemente, o preço. Por volta das 7h45 (de Brasília), o euro subia a US$ 1,1190.

Os analistas esperam que o Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês) dos EUA informe, às 11h30 (de Brasília), um declínio de 2,3 milhões de barris nos estoques de petróleo na semana passada, depois de o American Petroleum Institute (API, uma associação de refinarias) ter relatado nesta terça-feira (23/6) um recuo de 3,2 milhões de barris no mesmo período. Na quarta-feira passada, o DoE informou uma queda de 2,6 milhões de barris nos estoques da semana anterior.

Às 7h47 (de Brasília), o petróleo para agosto subia 0,20%, a US$ 61,12 por barril, enquanto o Brent para o mesmo mês avançava 0,19%, a US$ 64,57 por barril.