Bolsas mundiais fecham em alta com notícias positivas da Grécia 

Os mercados mundiais reagiram positivamente aos esforços da Grécia para evitar o calote da dívida, com propostas de última hora para sensibilizar seus credores. O índice seletivo DAX-30 da Bolsa de Valores de Frankfurt fechou nesta segunda-feira em alta de 420,40 pontos (3,81%), aos 11.460,50.

O índice geral da Bolsa de Valores de Paris, o CAC-40, teve alta de 3,81%, aos 4.998,61 pontos. Já o índice principal da Bolsa de Valores de Londres, o FTSE-100, registrou alta de 115,22 pontos (1,72%), aos 6.825,67.

O índice Ibex-35 da Bolsa de Valores de Madri, fechou alta de 3,87%, aos 11.368,20 pontos, a maior alta desde setembro de 2012.

No encerramento em Lisboa, o índice PSI 20 ganhou 2,18%.

Já na bolsa de Atenas, o índice Athens General subiu 9,00%. O melhor desempenho da sessão veio das ações da empresa Alpha Bank, que subiram 23,79%, o que significa 0,049 ponto, sendo negociadas a 0,255 no fechamento do pregão. Enquanto isso, as ações da empresa Bnk Of Piraeus adicionaram 21,17%, ou 0,069 ponto, terminando em 0,395, e National Bank of Greece, que avançaram 20,45%, ou 0,18 pontos, no final das operações com 1,06.

Os índices asiáticos também iniciaram a semana com força. O índice japonês Nikkei fechou em alta de 1,3%, a 20.428 pontos.

Os mercados da China continental estavam fechados nesta segunda-feira por feriado, depois de registrarem a maior queda semanal desde 2008 na semana passada.

Em Hong Kong, o índice Hang Senf subiu 1,20%, a 27.080 pontos. Em Seul, o índice Kospi teve valorização de 0,40%, a 2.055 pontos.

Em Taiwan, o índice Taiex registrou alta de 1,34%, a 9.341 pontos.

Em Cingapura, o índice Straits Times valorizou-se 0,43%, a 3.315 pontos.

Em Sydney, o índice S&P 200 avançou 0,24%, a 5.610 pontos.