Dólar abre acima de R$ 3,20. Bovespa se valoriza após alta na bolsa chinesa

Bolsa de Xangai fechou as negociações com uma alta de 4,7%

Após ter começado as negociações desta segunda-feira (1) com valorização frente ao real, a moeda americana começou a cair um pouco por volta das 10h10, sendo vendido a R$ 3,1801 e comprado a R$ 3,1795, uma desvalorização de -0,2260%. O pregão abriu sendo com uma valorização de 0,7500%, com o dólar cotado a R$ 3,2112 na venda. 

Por volta das 12h20, a moeda norte-americana operava em queda de 0,11%, a R$ 3,1835.

A Bolsa de Valores de São Paulo opera em alta nesta segunda-feira, apesar da desvalorização das ações da Petrobras, Vale e dos bancos. Às 12h27, o Ibovespa operava em alta de 0,01%, aos 52.764 pontos.

O "benchmark" da Bovespa começou a ser negociado em alta após dois dias de queda seguidos, ganhando força com a disparada do mercado exterior, principalmente com a bolsa de Xangai, depois de passado o receio inicial que o governo chinês pudesse impedir o estouro de uma bolha no mercado financeiro do país. O Ibovespa se valorizava em 0,61% às 10h25, somando 53.080 pontos. O mercado também está atento à reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que irá acontecer ná próxima quarta-feira. As apostas são em uma nova elevação na taxa de juros em 0,5 pontos percentuais, chegando a 13,75% ao ano. Além disso, a previsão da taxa Selic foi elevada de 13,75% para 14% na última semana. Uma baixa da Selic só deve acontecer quando a inflação for normalizada e chegar próximo de 4,50%

O destaque internacional fica para a bolsa chinesa, que após cair pouco mais de 6% somente na última quinta-feira, fechou as negociações deste dia primeiro com uma alta de 4,7%, fechando às 4h com 4.828,74 pontos. Os investidores do país se focaram nos pontos positivos de duas pesquisas sobre a atividade industrial chinesa. Além disso, o mercado reagiu às notícias veiculadas na mídia local informado que a alta da bolsa não teria acabado.  

Apesar de baixo, o índice japonês da bolsa Nikkei fechou em alta pela 12ª vez seguida, a maior sequencia de ganhos desde 1988. Às 3h o índice marcava 20.570 pontos, uma valorização de 0,03%.

O índice da bolsa de Nova York (NYSE) abriu com uma pequena alta, tendo uma valorização de 0,42% às 10h34, somando 18.086,11 pontos. As principais bolsas europeias também abriram em alta, por exemplo, o índice inglês FTSE crescia 0,01% às 10h43, somando 6.984,80 pontos. A bolsa alemã também seguia o mesmo movimento, com o índice DAX somando 11.438 pontos, uma valorização de 0,22%.