Comissão vota relatório da MP que altera tabela do Imposto de Renda

A comissão responsável pela análise da Medida Provisória 670 se reúne na próxima terça-feira (2) para votar o relatório. O texto, que reajusta a tabela do Imposto de Renda, já teve sua vigência prorrogada por 60 dias no início do mês e ainda precisará ser votado pelas duas Casas legislativas depois de passar pela comissão.

Fruto de negociações entre o governo federal e o Congresso, a MP 670 promove uma correção escalonada das faixas salariais da tabela do IR. O reajuste é de 6,5% para as duas primeiras faixas, 5,5% para a terceira, 5% para a quarta e 4,5% para a quinta e última. A renda mensal máxima para isenção passa a ser de R$ 1.903,98.

A comissão mista dedicada à análise da medida é presidida pelo deputado Afonso Florence (PT-BA) e tem como relator o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE). O texto do relator ainda não está disponível.