TCU suspende leilão de gasoduto da Petrobras

O Tribunal de Contas da União (TCU) suspendeu o edital que previa leilão para construção de um gasoduto da Petrobras no valor de R$ 140 milhões. Na avaliação do órgão, há indícios de que o valor esteja superestimado e a medida é válida ate que sejam sanados problemas apontados por uma auditoria da corte. 

A decisão é referente ao gasoduto Itaboraí-Guapimirim, com extensão de 11,4km, e serviria para ampliar a capacidade de escoamento de gás natural do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). 

Esta seria a primeira concessão da Petrobras para construção de um gasoduto. Até então, todos os outros foram construídos pela própria empresa. Um leilão chegou a ser marcado para o mês de abril, mas foi adiado. Agora, o edital está suspenso até que a empresa reveja seu projeto, que apresenta valores maiores do que um estudo do próprio governo, segundo destacou o ministro relator Vital do Rêgo.