País fecha mais de 97 mil vagas de empregos formais em abril

Indústria foi responsável pelo maior corte de vagas no mês: 53.850

Dados divulgados nesta sexta-feira (22) pelo Ministério do Trabalho e Emprego mostram que o país fechou 97.828 vagas de empregos formais em abril, resultado de 1.527.681 admissões e 1.625.509 desligamentos. O resultado representa uma queda de 0,24% em relação ao estoque de empregos com carteira assinada do mês anterior. É a primeira vez, desde 1992, que o Brasil perdeu vagas em meses de abril. No mesmo mês do ano passado foram criados 105 mil empregos com carteira assinada.

Os números mostram que a economia brasileira voltou a demitir em abril, após uma leve recuperação no mês anterior.

Foi o terceiro mês de corte de vagas no ano. Em janeiro e fevereiro, respectivamente, as demissões superaram as contratações em 81.774 e 2.415 vagas formais. 

Em março, foram criados 19.282 novos postos. Estes números foram considerados sem ajuste para declarações fora do prazo.

A indústria foi responsável pelo maior corte de vagas no mês: foram 53.850 postos perdidos no período.