Dólar sobe mais uma vez e atinge R$ 2,48

O cenário eleitoral e a atuação do Banco Central influenciaram mais uma vez o mercado de câmbio, nesta quarta-feira, e o dólar subiu 1,4%, cotado a R$ 2,48 por volta das 14h30.

Na terça-feira, o Banco Central anunciou o início da rolagem de swaps cambiais, que equivalem à venda futura de dólares, que vencem em novembro, sinalizando a rolagem total desses contratos. Mas, segundo analistas, essa operação não é suficiente para amenizar as pressões sobre o mercado.

O BC vendeu nesta sessão a oferta total de até 8 mil swaps para rolagem dos contratos de novembro. Com isso, rolou cerca de 4,5% do lote total, equivalente a US$ 8,84 bilhões.

Pela manhã, o BC também deu continuidade às intervenções diárias no mercado de câmbio, vendendo a oferta total de até 4 mil swaps, com volume correspondente a US$ 197,0 milhões.

Ontem, o dólar fechou em baixa, após dia de instabilidade. A moeda abriu o dia em baixa, subiu horas depois e voltou a cair durante a tarde.

A moeda caiu 0,31%, a R$ 2,448. No mês, há valorização de 9,33%. No ano, a alta acumulada é de 3,84%.