Cade investiga Kibon e Nestlé por concentração do mercado de sorvete

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) irá investigar as empresas Unilever Brasil/Kibon e Nestlé Brasil para apurar suposta concentração do mercado de sorvetes. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira.

De acordo com o Cade, o processo foi aberto pela Della Vita Grande Rio Indústria e Comércio de Produtos Alimentícios Ltda, em 2006. Além da investigação por concentração de mercado, o órgão também irá apurar supostas infrações à ordem econômica.

Entre as acusações está a violação da lei sobre livre concorrência. De acordo com documento divulgado pelo Cade, as empresas serão investigadas por limitar ou impedir o acesso de novas empresas no mercado, dificultar o acesso a matérias-primas, equipamentos, entre outros. Segundo o conselho, as empresas terão 30 dias para apresentar a defesa e provas ao Conselho.