Lucro líquido do Bradesco sobe no primeiro semestre

O Lucro Líquido Ajustado do Bradesco no 1º semestre de 2013 foi de R$ 5,921 bilhões (variação de 3,7% em relação ao Lucro Líquido Ajustado de R$ 5,712 bilhões no mesmo período de 2012), correspondendo a R$ 2,79 por ação, no acumulado de 12 meses, e rentabilidade de 18,8% sobre o Patrimônio Líquido Médio Ajustado.

Quanto à origem, o Lucro Líquido Ajustado é composto por R$ 4,060 bilhões provenientes das atividades financeiras, correspondendo a 68,6% do total, e por R$ 1,861 bilhão gerado pelas atividades de seguros, previdência e capitalização, representando 31,4% do total.

A Carteira de Crédito Expandida, em junho de 2013, atingiu R$ 402,517 bilhões, com evolução de 10,3% em relação ao mesmo período de 2012. As operações com pessoas físicas totalizaram R$ 123,562 bilhões (crescimento de 10,1% em relação a junho de 2012), enquanto as operações com pessoas jurídicas atingiram R$ 278,955 bilhões (crescimento de 10,4% em relação a junho de 2012).

A Margem Financeira de Juros atingiu R$ 21,078 bilhões, apresentando um crescimento de 1,6% em relação ao 1º semestre de 2012.

O Índice de Inadimplência superior a 90 dias recuou 0,5 p.p. nos últimos doze meses, e encerrou 30 de junho de 2013 em 3,7% (4,2% em 30 de junho de 2012).

Por fim, os investimentos em infraestrutura, informática e telecomunicações somaram R$ 2,296 bilhões no 1º semestre de 2013, com evolução de 15,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. SEG, 22 DE JULHO DE 2013 12:03