Dólar tem terceira queda seguida e fecha cotado a R$ 2,210 na venda

O dólar comercial fechou a terça-feira em queda com intervenção do Banco Central e queda da moeda no exterior ditando trajetória. Com isso, a moeda norte-americana desvalorizou 0,81%, cotada a R$ 2,208 na compra e R$ 2,210 na venda.

Hoje, investidores estiveram atentos ao resultado da nova intervenção do Banco Central num dia de desvalorização da moeda dos Estados Unidos nas praças financeiras internacionais, em meio a uma melhora do humor nos mercados após as declarações de autoridades do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), que trouxeram alívio aos temores sobre a política acomodativa no país. Aqui, o o BC voltou a intervir no mercado de câmbio ao promover um leilão de swap cambial tradicional, equivalente à venda de dólares no mercado futuro, anunciado ontem.

Para Sidnei Moura, economista da NGO Assessoria Financeira, o preço do dólar demonstrou-se volátil e reverteu para discreta depreciação. “Há causas externas, mas ainda existem mudanças internas que, sem alterar as perspectivas, poderiam motivar apreciação pontual do real neste momento”, afirmou em análise.

Ontem, a moeda norte-americana fechou em baixa, em um dia sem intervenções do BC. O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 2,2276, com queda de 0,75%. Foi a segunda sessão seguida em que o dólar cai