Mercado eleva a 5,58% estimativa de inflação oficial para este ano

Já a previsão de crescimento do PIB recuou de 1,27% para 1,03%

Analistas do mercado financeiro esperam inflação maior e menor crescimento do PIB este ano. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu de 5,43% para 5,58%. A estimativa para 2013 permanece em 5,4%. A informação consta do boletim Focus, pesquisa semanal feita pelo Banco Central (BC) com instituições financeiras.

Já a previsão de crescimento do PIB dos analistas dos bancos recuou de 1,27% para 1,03% este ano. Se confirmado, o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano será o pior desde 2009, quando o país sentia os efeitos da primeira etapa da crise financeira internacional. Para 2013, a expectativa de crescimento também recuou, passando de 3,70% para 3,50% de alta. 

As estimativas para a inflação estão acima do centro da meta de 4,5%, mas abaixo do limite superior de 6,5%. Cabe ao Banco Central manter a inflação sob controle. Um dos instrumentos usados pelo BC para controlar a inflação e o nível de atividade é a taxa básica de juros, a Selic. A mediana das expectativas dos analistas é que a taxa Selic será mantida no atual patamar de 7,25% ao ano.

A pesquisa do BC também traz estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe), que passou de 4,76% para 4,89%, este ano, e de 4,9% para 4,95%, em 2013.

A estimativa para o Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) foi ajustada de 7,64% para 7,8%, em 2012, e de 5,17% para 5,25%, em 2013. Para o Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M), a projeção passou de 7,46% para 7,6%, este ano, e de 5,11% para 5,29%, em 2013.

A estimativa dos analistas para os preços administrados foi mantida em 3,5%, neste ano, e ajustada de 3,4% para 3,5%, em 2013.