Ações da Vale sobem mais de 5% nesta segunda-feira

Mineradoras tiveram alta na volta do feriado após dados dos EUA na sexta-feira

As ações das mineradoras apresentaram as maiores altas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) nesta segunda-feira (10). No final da semana passada, os American Depositary Receipts (ADRs), papéis de empresas estrangeiras nos Estados Unidos, tiveram forte alta. Além disso, o governo da China, maior importador de minério de ferro do mundo, aprovou investimentos de US$ 157 bilhões em 60 projetos de infraestrutura.   

Com isso, os ativos ordinários e preferenciais da Vale do Rio Doce registram alta de 5,42% e 4,63%, segundo informações do site InfoMoney às 12h48. As ações ordinárias da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) sobem 7,03%. Os papéis da holding Bradespar, que possui forte participação no capital da Vale, avançam 4,93% no mesmo horário. A mineradora de Eike Batista, MMX, também tem valorização no dia, de 3,65%.

As valorizações ajudam o Ibovespa, principal índice da bolsa, a ficar positivo nesta segunda-feira (10). Às 13h11, apresentava alta de 1,02%, com 58.918 pontos.

China desacelera

Embora a medida do governo chinês crie muitas expectativas nos analistas de mercado, o país asiático registra tendência de desaceleração econômica nos últimos meses. Na madrugada de domingo para segunda-feira, a China divulgou os números de sua balança comercial, mostrando que as importações caíram pelo terceiro mês seguido. Em agosto, a produção industrial teve seu menor nível desde maio de 2009. Em setembro, as exportações subiram 2,7%, se comparadas ao mesmo período de 2011.