Dilma planeja novas medidas para crescimento da economia 

O governo prepara novas medidas para incrementar a economia nos próximos meses, disse nesta sexta-feira a presidente Dilma Rousseff. Entre as ações planejadas estão desonerações tributárias para diferentes setores, novas políticas de investimento para infraestrutura e logística e redução do custo da energia elétrica. 

De acordo com a presidente, as medidas deverão ser anunciadas em agosto. "Vamos crescer nos próximos meses a taxas maiores das que vêm sendo observadas. Nosso crescimento é significativo diante do cenário internacional", afirmou Dilma, em entrevista coletiva no Hotel Ritz, onde está hospedada em Londres para a cerimônia de abertura da Olimpíada.

Ao comentar sobre a crise econômica mundial, a presidente ressaltou que o Brasil não é uma "ilha" e ponderou que todos os países do Brics (grupo de economias emergentes que inclui Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) estão sendo afetados. 

Ela exaltou a política econômica que vem sendo adotada, calcada na redução de juros e na estabilidade cambial. "Isso terá grande consequência para o futuro. Haverá redução do custo de capital. O Brasil está tendo condições de redefinir as condições do crescimento econômico", afirmou.