BC reduz projeção para o crescimento da economia de 3,5% para 2,5%

Se confirmada a previsão, será o valor mais baixo desde 2009

Relatório de Inflação, divulgado nesta quinta-feira pelo Banco Central (BC), indica a redução da estimativa para o crescimento da economia este ano. A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, passou de 3,5% para 2,5%. 

Se confirmada a previsão do BC, será o valor mais baixo desde 2009, quando houve uma queda de 0,6% no PIB.

De acordo com o relatório, “a nova estimativa incorpora os resultados do primeiro trimestre 2012, dados preliminares referentes ao segundo trimestre, período em que a retomada da atividade vem ocorrendo de forma bastante gradual, e a atualização do cenário macroeconômico para a segunda metade do ano”.

A estimativa do BC é inferior à do ministro da Fazenda, Guido Mantega, que ontem (27) disse esperar crescimento do PIB superior a 2,5% neste ano. 

Na quarta-feira, o ministro anunciou mais medidas de estímulo à economia. O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Equipamentos tem medidas para agilizar as compras governamentais, dando preferência à aquisição de produtos da indústria nacional, e estimular, com isso, a economia interna. O governo também anunciou que a redução da Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) de 6% para 5,5%.

Com Agência Brasil