Total de empregos formais registra aumento de 4,4%, diz FecomercioSP 

O total de trabalhadores com carteira assinada no comércio varejista da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) cresceu 4,4% entre os meses de janeiro de 2011 e 2012, passando de 933.814 postos de emprego formal para 974.439, segundo análise realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) sobre os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Na comparação entre janeiro de 2012 e dezembro de 2011, entretanto houve retração de 0,7% no total de postos de trabalho com carteira assinada, que eram de 980.991. A Assessoria Técnica da FecomercioSP, contudo, destaca que o movimento é sazonal e se justifica pela não efetivação de todos os funcionários que foram contratados temporariamente para atender a demanda de Natal.

Quanto ao ritmo de contratações, nota-se um arrefecimento que, no entanto, não chega a preocupar. Segundo a Assessoria Técnica da FecomercioSP, o nível de empregados ainda está crescendo e o ritmo reduzido é uma consequência do período de pleno emprego vivenciado pelo país. A FecomercioSP destaca, ainda, que o primeiro trimestre do ano costuma ter um desempenho inferior aos demais e apesar da redução no total de trabalhadores com carteira assinada, os indicadores do comércio de bens e serviços devem permanecer aquecidos. 

A própria desoneração da folha de pagamento para a indústria, que deveria ser estendida para os demais setores da economia, deve impulsionar a contratação de novos funcionários ao longo dos próximos meses.