Obama volta a pedir criação de imposto sobre fortunas

O presidente americano, Barack Obama, pediu neste sábado que sejam aumentados os impostos para os americanos mais ricos, ressaltando que as vantagens concedidas pelo atual sistema de impostos às pessoas com rendimentos mais elevados são injustas.

"Hoje, os americanos mais ricos pagam impostos a uma das taxas mais baixas em cinquenta anos", advertiu o presidente em seu discurso semanal por rádio e internet.

O presidente informou que, sob o atual sistema de impostos, multimilionários como o investidor Warren Buffett ou o fundador da Microsoft Bill Gates estão pagando taxas mais baixas que as de seus secretários.

"Isto não é justo. Não tem nenhum sentido", ressaltou Obama. "Queremos seguir concedendo taxas baixas aos americanos de maiores rendas como eu, ou Warren Buffett, ou Bill Gates, pessoas que não precisam disso e que nunca pediram isso? Ou queremos continuar investindo dinheiro para fazer nossa economia crescer e nos mantermos seguros? Porque não podemos fazer as duas coisas", sustentou.

Estes comentários são feitos quando o Congresso se prepara para considerar um projeto que pode aumentar as taxas de impostos às pessoas que ganharem mais de um milhão de dólares ao ano e mantê-las sem mudanças para aquelas que ganharem abaixo dos 250 mil dólares anuais.

Obama convocou os americanos a chamar seus representantes no Congresso e perguntar a eles se apoiarão este projeto.