Ford moderniza planta em SP após investimento de R$500 mi 

A Ford está tentando adaptar suas fábricas para a nova era "global" da marca. E a fábrica de Taubaté, no Vale do Paraíba, em São Paulo, começa a dar os primeiros passos nessa empreitada. Depois do investimento de R$ 500 milhões para a expansão da fábrica, a ideia é que a produção anual alcance os de 500 mil motores.

Na planta já é produzindo o motor Sigma para o Brasil e exportação, além do RoCam, a fábrica adota um padrão de qualidade de alto nível para atender diversos mercados mundiais. No Brasil, o propulsor é o primeiro flex com bloco, cabeçote, cárter e pistões de alumínio. A modernização dessa linha de produção passa por máquinas que são interligadas e controladas por um sistema central computadorizado, chamado Posmon, que mostra os principais indicadores da fábrica em tempo real em um painel eletrônico. Já no final da linha de montagem, os motores passam pelo teste a frio, que realiza medições de torque e potência em diferentes rotações, de função mecânica, sensores e atuadores, além de verificar vazamentos, ruídos e vibrações, com o uso de acelerômetros.