Líder de extrema direita grega se nega a aprovar medidas de austeridade 

O líder do LAOS, partido de extrema direita grego, George Karatzaferis, afirmou nesta sexta-feira que é  contra as novas medidas de austeridade exigidas pelos credores da Grécia em troca do novo lote de ajuda ao país.

"O que nos foi imposto é uma humilhação e não tolerarei isso", afirmou.

Na véspera, o governo anunciou que o acordo dos três partidos da coalizão (socialista, conservador e ultradireitista) sobre esse plano.