Draghi: o BCE não pode fazer nada que não esteja previsto nos tratados

O Banco Central Europeu (BCE) não pode agir fora de seu mandato, que é manter a estabilidade dos preços, declarou nesta quinta-feira seu presidente, Mario Draghi, ante o Parlamento Europeu, onde acabava de apresentar o relatório anual 2010 desta instituição monetária.

"Existe um tratado. Não se deve pedir ao BCE que faça coisas fora do tratado", declarou Dragui, reiterando que o programa de compra de obrigações públicas do BCE é temporária e limitada.

Ao referir-se ao programa de compra de obrigações públicas do BCE, que inúmeros dirigentes políticos e economistas pedem que seja aumentado consideravelmente para acabar com a propagação da crise, Dragui se opôs categoricamente.

Esse programa é temporário e limitado, ou seja, não é infinito, afirmou.

"O papel desse programa não consiste em criar liquidez ou substituir os governos, e sim garantir a correta transmissão de nossa política monetária", reiterou.