Azul Linhas Aéreas compra mais onze jatos da Embraer

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras e a Embraer S.A. assinaram hoje um contrato para a compra de onze E-Jets 195. A transação aumenta os pedidos totais da companhia aérea para 52 aviões. O valor desta última aquisição, a preço de tabela, é de US$ 497,2 milhões. As entregas estão programadas para começar em 2013.

 Além dos 23 Embraer 195 que estão em operação, com uma configuração de 118 lugares, a Azul também opera dez Embraer 190, de 106 assentos. Ambos os jatos são a base da frota da Azul, que iniciou suas operações em 2008 e em quase três anos alcançou a respeitável marca respeitável de 12 milhões de Clientes transportados. Com este novo pedido, a Azul será a operadora da maior frota de E-Jets na América do Sul. Todas as aeronaves são equipadas com TV a bordo individual.

“Este novo pedido da Azul é outro exemplo do sucesso do E195 no modelo de negócios de empresas de baixo custo”, disse Paulo César de Souza e Silva, Vice-Presidente Executivo da Embraer para o Mercado de Aviação Comercial. “Estou particularmente satisfeito por ter um cliente brasileiro exibindo a versatilidade do E195 aqui em nosso País.”

David Neeleman, fundador e presidente do Conselho de Administração da Azul Linhas Aéreas Brasileiras, explica a necessidade de aumentar o tamanho da frota da companhia: “Este pedido enfatiza nossa crença de que os E-Jets são os aviões certos para o desenvolvimento das operações da Azul no Brasil. Esta capacidade adicional nos ajudará em nosso crescimento e em nossa missão de  e trazer segurança, conforto e transporte aéreo acessível para o País.”

O sucesso comprovado do Embraer 195 com transporte de baixo custo é atribuído a sua confiabilidade e alta utilização. Hoje, cada E190 e E195 da frota da Azul voa em média 13 horas por dia, a mais alta entre os operadores de E-Jets. Os dois modelos da família E-Jet também estão em serviço com outras companhias de baixo custo, incluindo a  Flybe,  no Reino Unido, a JetBlue, nos EUA, Nasair, na Arábia Saudita, e Austrália Virgin.