Wall Street termina em forte baixa com nervosismo ante reunião de Eurozona 

A Bolsa de Nova York terminou em forte queda nesta terça-feira, afetada pelo nervosismo crescente dos investidores às vésperas de uma reunião da Eurozona crucial para o futuro da região. 

Segundo cifras definitivas, o Dow Jones perdeu 1,74%, fechando aos 11.706,62 pontos e o termômetro da tecnologia, Nasdaq, recuou 2,26%, para 2.638,42 pontos. Já o índice ampliado Standard and Poor's 500 perdeu 2,00% (25,14 pontos), para 1.229,05 pontos. 

"O mercado se inquieta cada vez mais ante a possibilidade de que não se chegue a um acordo na Europa’, afirmou Hugh Johnson, da Hugh Johnson Advisors. 

No mercado obrigatório, cujos rendimentos evoluem em sentido contrário aos preços, o rendimento do bônus do Tesouro à 10 anos recuou para 2,128%, contra 2,234% na segunda-feira. Já os títulos à 30 anos ficaram a 3,144%, contra 3,278% na véspera. 

Na América Latina, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em queda de 1,07% e a do México fechou praticamente estável, em alta de 0,07%.