Bolsas europeias fecham em alta com indicadores positivos

SÃO PAULO, 12 de maio de 2010 - As principais bolsas europeias fecharam a sessão desta quarta-feira em alta refletindo indicadores e notícias positivas da economia do continente, como o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro e o anúncio de pacote de medidas da Espanha.

Diante disso, ao final dos negócios, o índice FTSE-100, de Londres, subiu 0,92%, aos 5.383 pontos, o DAX, de Frankfurt, cresceu 2,41%, aos 6.183 pontos e o CAC-40, de Paris, valorizou 1,10%, aos 3.733 pontos.

O PIB da zona do euro registrou crescimento de 0,2% durante o primeiro trimestre de 2010, em comparação com o trimestre anterior, de acordo com prévia do Eurostat. Além disso, a produção industrial na zona do euro aumentou 1,3% em março de 2010, em comparação com fevereiro.

Outro fator que impactou no mercado foi o anúncio de medidas de austeridade contra o déficit público do governo espanhol. O presidente José Luis Rodríguez Zapatero divulgou rígido pacote de medidas destinadas a reduzir o déficit público e que provocará desaceleração do crescimento em 2011.

Zapatero anunciou um corte dos salários dos funcionários públicos, o congelamento das pensões e a supressão do chamado "cheque bebê" como parte das medidas adicionais que o governo espanhol acrescenta a seu plano de economia, tal como anunciou no domingo, em Bruxelas.

Por fim, a economia alemã registrou um inesperado crescimento de 0,2% em seu PIB no primeiro trimestre deste ano em relação ao trimestre anterior, encerrando assim o ciclo de notícias positiva do dia.

(Redação - Agência IN)