Emprego na indústria cai 0,56% em abril, aponta Fiesp

SÃO PAULO, 11 de maio de 2010 - O índice de emprego Fiesp/Ciesp divulgado hoje apontou queda de 0,56% em abril deste ano, em relação a março, já com ajustes sazonais. Em abril, foram abertos 28.500 postos de trabalho em relação ao mês passado, correspondentes a 1,27% sem ajuste sazonal. No acumulado do ano, já foram criadas 107.500 vagas na indústria de São Paulo, ou seja, um crescimento de 4,96%.

Comparado ao mesmo período do ano passado, o nível ocupacional teve crescimento de 2,11%, correspondentes a 47 mil vagas.

Dos 22 setores analisados, 19 tiveram saldo positivo, dois se mantiveram estáveis e apenas um foi negativo. Entre os que cresceram, os destaques ficam com Fabricação de coque, petróleo e biocombustíveis, com alta de 8,3%; produtos alimentícios ficou em segundo lugar com 4,8%,seguido por produtos diversos, que apresentou 2 % de novos cargos. Produtos de minerais não-metálicos foi o único segmento cujo dado foi negativo, com pequena queda de 0,2% em relação a março.

Quanto ao comportamento das Diretorias Regionais, Jaú liderou as contratações, com avanço de 8,91%. Em seguida vêm Sertãozinho, com 8,18% e Santa Bárbara do Oeste, que cresceu 2,48%.

Entre as regiões com desempenho negativo, Matão, pelo quarto mês consecutivo apresentou o pior resultado do Estado, com 0,99% negativo. A segunda região com maior queda de empregos foi a de São Carlos, com -0,73%, seguida por Jundiaí, que teve -0,41%.

(Redação - Agência IN)