Obama: Bolsas despencam após anúncio das regras dos bancos

JB Online

RIO - Após as medidas anunciadas por Obama, que visam restringir os riscos assumidos pelos bancos, as bolsas de ações nos Estados Unidos, Europa e Ásia despencaram. As cotações dos bancos foram as mais afetadas. Na Ásia, para cada ação que teve incremento na Ásia, oito registraram queda.

As novas regras visam impedir os bancos de usar seu próprio dinheiro em transações de investimento em fundos de hedge, podendo usar somente os recursos dos clientes.

Mesmo com o anúncio de lucro de US$ 4,95 bilhões no quarto trimestre do ano passado, as ações do Goldman Sachs caíram mais de 4%.

Com o Bank of America e com o JP Morgan Chase também não foi diferente. A retração registrada foi de 6,2% e 6,6% respectivamente.

Na bolsa de Londres,as ações de um dos principais bancos do país registraram retração de 3,5%. Já a bolsa operava em queda de 2,2%.

Em Tóquio, o índice Nikkei quase anulou os ganhos do início deste ano, registrando queda de 2,6%, alcançando o nível mais baixo em três semanas. Na bolsa de Xangai, a queda foi de 1%.

Já em Frankfurt e Paris, a abertura do pregão foi com retração de até 0,7%. Em Wall Street, Nova York, após o anúncio de Obama, o índice Dow Jones retraiu 2%, pior recuo desde outubro.