Dólar sobe pelo 4º dia e ultrapassa barreira de R$ 1,80

SÃO PAULO, 22 de janeiro de 2010 - O dólar sobe pelo quarto dia consecutivo, em meio à maior aversão a risco. Há pouco, a moeda norte-americana avançava 0,89%, a R$ 1,816 na venda. Além dos balanços corporativos, influencia nos negócios a proposta de Barack Obama, presidente dos Estados Unidos.

Obama pretende acirrar as medidas regulatórias para as instituições financeiras do país e anunciou ontem um plano para limitar o tamanho e as atividades dos bancos e das financeiras, numa tentativa de combater excessos corporativos e os riscos exagerados. O plano da Casa Branca impediria que bancos comerciais e instituições controlem e invistam em fundos de proteção (hedge) e firmas de private equity - e também limitaria as operações que fazem com suas contas de tesouraria.

Diante dos temores com relação às consequências que as medidas podem trazer para os negócios, as bolsas européias caem, assim como do outro lado do Atlântico. Em Wall Street, os índices futuros apontam para um dia de acentuadas perdas.

Do lado das empresas, a Sony Ericsson mostrou que ainda não conseguiu se recuperar da crise e reportou prejuízo líquido de ? 167 milhões no quarto trimestre de 2009, valor 10,6% menor que o registrado no mesmo período do ano anterior, quando informou perdas de ? 187 milhões.

(Simone e Silva Bernardino - Agência IN)