Projeções de juros abrem sinalizando alta na BM&FBovespa

SÃO PAULO, 8 de janeiro de 2010 - As projeções de juros embutidas nos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) abrem sinalizando alta. Há pouco, o contrato de DI janeiro de 2011 registrava taxa de 10,35%, ante 10,34% do ajuste anterior. Janeiro de 2012 projetava taxa anual de 11,76%, contra 11,73%.

Os agentes financeiros monitoram nesta manhã mais um índice de preços. O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou deflação de 0,11% em dezembro de 2009, ante inflação de 0,07% no mês anterior, segundo informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O resultado veio perto do teto das expectativas, puxado pela queda dos preços dos produtos agropecuários como soja, milho e bovinos. No ano o IGP-DI acumulou variação negativa de -1,43%.

Nos mercados externos, as atenções recaem para os números do mercado de trabalho. Segundo estimativas, a taxa de desemprego deve se manter estável em 10,% e o payroll, que mostra o número de vagas de trabalho criadas de acordo com a folha de pagamento das empresas, deve registrar estabilidade após 23 meses de cortes nos postos de emprego, recorde de queda de -741 mil empregos em janeiro de 2009.

(Simone e Silva Bernardino - Agência IN)